Aguarde...

febre-amarela.jpg
24/jul/2019

A febre amarela é uma doença viral transmitida pelo mesmo mosquito que transmite a dengue, o Aedes aegypti. A doença tem esse nome por deixar o corpo do paciente amarelado e causar diversos tipos de hemorragia.

Por ser um vírus tropical, ele é mais comum na América do Sul e na África. Quer saber mais sobre as causas, sintomas, tratamento e prevenção da febre amarela? Confira neste artigo.

Causas

Existem dois mosquitos que transmitem a febre amarela: o Aedes aegypti no meio urbano e o Haemagogus no meio rural e silvestre. Os mosquitos não são os causadores da doença, eles apenas a transmitem quando picam algum animal ou humano infectado pelo vírus.

Em ambos os casos, a doença é a mesma, não mudando os sintomas de um tipo para o outro. A única diferença é na disseminação do vírus.

Ainda existem boatos de que macacos também transmitem a febre amarela. A disseminação desta informação se intensificou após o último surto da doença no Brasil, entre os anos de 2017 e 2018. Porém, essa afirmação é falsa pela razão do macaco apenas desenvolver o vírus dentro de si, mas não ser o transmissor. Apenas o mosquito pode transmitir febre amarela para os humanos.

Sintomas

Por vezes, quem contrai febre amarela pode não demonstrar nenhum sintoma, mas quando se manifesta inclui: dores musculares, dor de cabeça, perda de apetite, náuseas, vômitos, vermelhidão nos olhos e no rosto, fotofobia, fadiga e fraqueza.

Esses sintomas duram em torno de três a quatro dias, mas há casos em que eles podem se agravar e atingir alguns órgãos, o que resulta em febres ainda mais fortes, urina escura, dores abdominais e hemorragias na boca, nariz, olhos e estômago.

Tratamento

A maioria das pessoas apresenta os sintomas mais leves da doença, que normalmente é curada por conta própria, sem a necessidade de realizar nenhum tipo de tratamento. Mas, nos casos mais graves, é essencial ficar em repouso, beber muito líquido para repor tudo que foi perdido e usar os antibióticos receitados pelo médico.

Previna-se!

Como prevenção, é possível ficar imune ao vírus por meio da vacina da febre amarela, o que pode durar cerca de 10 anos ou a vida inteira, dependendo da dose que for aplicada. Essa vacina é essencial em território brasileiro e obrigatória para viajar para outros países fora da América do Sul, como países do continente africano, por exemplo.

Se você ainda não é vacinado contra febre amarela, procure a ImuneLife e garanta já a sua proteção para o resto da vida!

 

Referências

https://www.minhavida.com.br/saude/temas/febre-amarela

https://www.bio.fiocruz.br/index.php/febre-amarela-sintomas-transmissao-e-prevencao


viagem-de-graca.jpg
24/jul/2019

Quem nunca ouviu falar que o Brasil tem dimensões continentais, não é mesmo? É por este motivo que é possível encontrar uma vasta diversidade de características culturais, sociais, topográficas e climáticas.

Principalmente as características climáticas podem afetar a saúde de quem costuma desbravar de norte a sul do Brasil e, é por isso, que muitos questionamentos como: “Quais vacinas são necessárias para viajar pelo País?” surgem no momento de decidir onde serão as próximas férias.

Antes de falarmos sobre as vacinas essenciais para viajar pelos estados brasileiros é importante ressaltar que a imunização, baseada no Calendário Nacional de Vacinação do Programa Nacional de Imunização do Ministério da Saúde, é indicada pelo Ministério da Saúde para evitar doenças endêmicas e contagiosas.

Recomendações

  • A vacinação recomendada deve ser realizada primordialmente de seis a oito semanas antes da viagem para garantir a imunização;
  • Vacinar-se deve ser uma prioridade, principalmente se a viagem tiver como destino zonas rurais, florestais ou locais em meio à natureza;
  • As regras sobre vacinação em diferentes países mudam com frequência. Então, antes da viagem fique atento e verifique se há alguma atualização sobre o esquema vacinal para entrar em determinados estados.

Vacinas Essenciais

Vacina Tríplice Viral (Sarampo, Caxumba e Rubéola)

Esta imunização é a medida preventiva e mais segura para as três doenças. É importante que o esquema vacinal de crianças, adolescentes e adultos esteja completo.

Vacina Febre Tifoide

A vacina contra a Febre Tifoide deve ser essencialmente tomada antes de viajar para o Norte e o Nordeste do Brasil, porque são consideradas regiões em que as condições de saneamento básico ainda não atingiram os padrões ideais.

Vacina Febre Amarela

A vacinação contra a Febre Amarela já faz parte do Calendário Vacinal Básico de qualquer pessoa e é extremamente importante, principalmente para os viajantes que tem como destino os seguintes estados brasileiros: Acre, Amapá, Amazonas, Distrito Federal, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins.

Veja a lista de municípios brasileiros com recomendação sobre vacinação contra a Febre Amarela.

Agora que você já sabe destas recomendações, faça da sua viagem um grande motivo para cuidar da sua saúde e atualizar a Carteira de Vacinação. Conte com a ImuneLife para aproveitar suas férias com tranquilidade e segurança!

 

Referências

Vacinas para quem vem para o Brasil

http://www.saudedoviajante.pr.gov.br/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=30

Vacinação antes da viagem

https://www.edestinos.com.br/dicas-de-viagem/passagens-aereas/saude-durante-a-viagem/vacinacao-antes-da-viagem

Veja as vacinas necessárias para viajar pelo Brasil e América do Sul

https://www.guichevirtual.com.br/blog/vacinas-para-viajar/


Copyright Imunelife 2018. Todos os direitos reservados. - Desenvolvido por www.agenciagenesis.com

WhatsApp chat